Testemunhos

O meu primeiro contato com o Pai Fundador começou ainda muito jovem, quando trabalhava na biblioteca dos Irmãos Maristas. Chamou-me atenção um livro pequeno, escrito em alemão ainda com letras góticas. Seu superior lhe informou que se tratava do “Rumo ao Céu”, livro de Padre Kentenich, “o fundador do movimento que tem um santuário, onde as pessoas rezam a Maria em frente ao Santíssimo”, explicou-lhe com uma ponta de sarcasmo. Ape...

Padre Ottomar Schneider - Jaraguá/SP Ler mais